Você sabia que um pneu pode levar até 600 anos para se decompor?

Você sabia que um pneu pode levar até 600 anos para se decompor na natureza? Por isso, os pneus velhos não devem ser descartados na natureza ou junto com o lixo comum, e sim, entregues para empresas responsáveis pela reciclagem do material. A destinação final é de responsabilidade do gerador e deve ser realizada de forma correta. É muito importante que todos se conscientizem que os cuidados com a natureza dependem de cada um de nós!

Recife de Osborne

Você já ouviu falar do Recife de Osborne? Pois saiba que é um dos maiores desastres causados pelo homem da Terra. O Recife de Osborne fica na Flórida, nos EUA. Nesse recife foram encontrados cerca de 2 milhões de pneus velhos, no fundo do mar.

Mas como isso aconteceu?

Houve um projeto que visava o descarte correto de pneus usados, de modo que a vida marinha nesses locais pudesse surgir novamente, todavia, bem sabemos que o projeto não foi para frente.

O plano era descartar os pneus no mar e esperar que os corais crescessem em volta deles, criando um novo recife. Todavia, os pneus esmagaram e mataram os corais que já estavam crescendo. Consequentemente, a vida ali não mais surgiu. Na época do projeto um muro de contenção de concreto com o objetivo de limitar o espaço dos corais que deveriam surgir no futuro, foi construído. Os pneus ficaram presos com a ajuda de fitas de nylon e cabos de aço. Mas os cabos arrebentaram com o passar do tempo. Com o decorrer das décadas os pneus apenas se espalharam.

O que está sendo feito?

Hoje em dia a marinha americana envia mergulhadores em treinamento com a ajuda de biólogos para darem início a uma ação grande de retirar os pneus do mar e então limpar tudo. Acredita-se que é possível retirar cerca de 70 pneus a cada mergulho. Espera-se que sejam retirados todos os pneus em até dois anos. Os pneus retirados serão reciclados.

O problema não é só em Osborne

No Brasil também temos o problema de pneus sendo descartados em rios, lagos e no mar. Isso é muito ruim, pois temos uma diversidade de espécies e belos corais que morrem quando os pneus começam a fazer parte de seu habitat natural. Além disso, conforme já mencionado um pneu precisa de 600 anos para se decompor na natureza, isso é muito tempo!

O que está sendo feito?

Somente uma cidade no Brasil, Santo André, se preocupa com o descarte correto de tais objetos. O restante não se preocupa e muitas das vezes faz o descarte de pneus em terrenos baldios, lagos, rios, e lixões. Mesmo não descartando os pneus em lagos e rios, é algo ruim, pois a chuva pode muito bem levar os pneus até os lagos, e até mesmo para os mares.

Como resolver?

O ideal seria que cada município começasse um projeto de modo a movimentar profissionais que seriam responsáveis pelo descarte correto dos pneus. E em seguida, um outro projeto com objetivo de retirada dos pneus que já se encontram em rios, lagos e mares. Dessa forma, a vida nesses lugares poderia ser preservada e cuidada e os pneus poderiam ser descartados em seguida, ou melhor, reciclados.

Você pode fazer diferente!

Fica claro que a melhor forma de se livrar dos pneus é reciclando, mas ainda sim é algo que poucas cidades fazem seja no Brasil seja em outros lugares. Reciclar os pneus velhos impede que eles sejam jogados em qualquer lugar mesmo que seja um lugar mais “correto” que lagos e rios, como terrenos baldios ou lixões.

Para isso, seria necessário uma ação maior do governo, mas as pessoas podem ajudar procurando em seu município lugares corretos para o descarte dos pneus. Caso a cidade não tenha algo próprio é possível encontrar formas mais sustentáveis de se livrar dos pneus, como recauchutar em uma oficina que poderá usá-lo de outras formas é uma boa opção. Você pode doar para alguém que vá usar em um artesanato, por exemplo.

Você ainda pode recorrer ao Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) onde o descarte de pneus usados é de responsabilidade do fabricante, logo somente ele poderá descartar o pneu. Mas é importante também se certificar de que essa pessoa irá descartar de forma correta, caso contrário sua atitude não adianta de nada.

Postagens Recomendadas

Deixe um Comentário